Mês: agosto 2013

Desgracida, de Dalton Trevisan

Para Vicente Escudero Publicado em 2010, “Desgracida”, de Dalton Trevisan, foi o vencedor do Prêmio Jabuti na categoria Contos e Crônicas, no ano seguinte. Dias atrás, dediquei-me a lê-lo, na esperança de finalmente entender por que Dalton é tão adorado. Digo “finalmente entender” porque não seria a primeira vez que me arriscaria na prosa trevisaniana.

Fleming, Ian Fleming, na Alfaguara

Nunca tive vontade alguma de ler as obras de Ian Fleming. Até houve uma época em que fui um tanto aficcionado pelo personagem mais famoso do autor britânico: James Bond, o 007. Nesse período – faz muito tempo, não vou lembrar exatamente quando foi isso -, assisti a vários filmes do Bond. Lembro bem de

Entrevista com Cristovão Tezza

Pouco tempo depois de ser premiado, no ano de 2008, com quase todos os prêmios literários brasileiros – Jabuti, Associação Paulista dos Críticos de Arte, Portugal Telecom e Prêmio São Paulo, só para citar os mais importantes –, o escritor curitibano Cristovão Tezza, que foi professor durante 25 anos, decidiu tirar “férias”. Determinado a se

O fim da revista Bravo!

O que antes era boato, agora é fato: a revista Bravo! foi “descontinuada” – esse foi o termo que a editora Abril utilizou ao anunciar a notícia -, ou seja, acabou. O último número da publicação será o deste mês de agosto, e traz uma capa belíssima, com o escritor português José Saramago, morto em