7 dicas para ler mais

Saiu no Open Culture em maio do ano passado, mas só vi agora: Austin Kleon, autor do livro “Roube como um artista”, publicou em seu perfil no Twitter sete dicas para ler mais. Ele dá a entender que, após adotar esses sete passos, conseguiu ler mais de 70 livros nos primeiros meses do ano, quebrando o próprio recorde pessoal de leituras.

Isso me fez lembrar da época em que comecei a faculdade, lá nos idos de maio (coincidência) de 2002. Houve uma greve pouco depois do início das aulas e aproveitei o tempo ocioso para ler bastante (eu ainda não trabalhava, na época). Não sei por quê, fiz uma lista dos livros lidos a partir dali. O número foi superior a 50.

(Aqui, vale um parêntese: é um clichê, eu sei, mas quantidade não significa qualidade. De nada adianta fazer leituras apressadas e nada apreender. Sem contar que é quase impossível ler, mesmo num ano inteiro, 70 obras de extensão equivalente a “Crime e castigo”, por exemplo. O autor menciona esse número apenas como forma de mostrar que é possível ler mais seguindo as suas dicas; que, a propósito, podem servir para alguns, mas podem ser totalmente descartáveis para outros. Sigamos.)

É claro que, naquela época, além de eu não estar trabalhando, não havia Twitter, Facebook, ZapZap… Nem essa sede que muitos de nós temos por notícias. Nossas mentes eram menos dispersas, e, por isso, as leituras fluíam bem melhor.

Enfim. Vamos às dicas do Austin, as quais traduzi livremente (os comentários entre colchetes são meus):

1) Jogue seu telefone no mar [não precisa levar isso ao pé da letra, é claro; a ideia é esquecer o telefone, de preferência desligando-o ou pelo menos desconectando-o da internet];

2) Faça umas contas, compre os livros que você quer ler, empilhe-os num local em que possa vê-los todos os dias (biblioteca é uma boa, também, é claro) [vivo cercado de livros, mas, durante um tempo, isso não funcionou para mim];

3) Tenha sempre um livro com você, onde quer que você vá [escrevi sobre isso em algum lugar…; sempre carrego um livro comigo, principalmente quando sei que vou pegar uma fila ou ficar esperando alguém ou alguma coisa];

4) Se você não está gostando de algum livro ou não está aprendendo algo com ele, pare de lê-lo imediatamente (arremessá-lo para o outro lado do quarto ajuda a desapegar da leitura) [mas não precisa chegar a tanto, não é mesmo?];

5) Reserve 1 hora por dia para a leitura de não-ficção (é bom alternar);

6) Vá para a cama 1 hora mais cedo e leia ficção (isso vai te ajudar a dormir);

7) Escreva sobre os livros que você leu e compartilhe com as pessoas, quem sabe elas te mandam mais dicas de leitura.

(Aí vão as sete dicas no original, em inglês. Vejam que tomei algumas liberdades na tradução.)

kleon-reading-tips[1]

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *